"Ninguém é tão ignorante que não tenha algo a ensinar. Ninguém é tão sábio que não tenha algo a aprender." Pascal

26
Abr 10

A propósito do que vos disse aqui, recebi a confirmação de que aceitaram a minha candidatura.

Lamentavelmente (Muuuuiiiiiiiiito) não vou poder estar lá nesse dia, por razões de agenda. Deixo o lugar a outro.

 

Aqui por Viseu também haverá, por esses dias, coisas muito interessantes a acontecer, de que aqui darei conta em breve.

 

Desejo o máximo de sucesso às TED Talks LX, para que voltem depressa!

 

Continuo, naturalmente, muito interessado em ver e ouvir a Professora Maria Teresa Serrenho (uma das participantes neste encontro de Lisboa)


Maria Teresa Serrenho, 54 anos, é formada pelo Magistério Primário de Caldas da Rainha e iniciou com 18 anos a actividade lectiva como professora do 1º Ciclo. Depois de 15 anos de docência, fez um interregno de 9 anos, em que se dedicou a actividades empresariais como empreendedora e gestora na área da doçaria, confeitaria e licores tradicionais. Entretanto, fez o Cursos de Estudos Superiores Especializados em Direcção Pedagógica e Administração Escola, na Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada, tendo regressado ao ensino em 1999.

Tem, desde 2002, exercido cargos de Direcção no Agrupamento de Escolas de Campelos, onde é neste momento Directora, Defensora da Modernização Administrativa, participou no debate sobre a Educação em Portugal promovido pelo Conselho Nacional de Educação e pertence ao Conselho das Escolas ligado ao Ministério da Educação.

Desenvolveu o seu projecto de candidatura a Directora do Agrupamento de Escolas de Campelos, centrando a sua atenção na necessidade urgente e imperiosa de mudar o paradigma da Escola, construindo uma Escola mais criativa e interventiva, que corresponda às necessidades dos nossos jovens e da nossa sociedade, uma Escola onde se sinta a responsabilidade na mudança que se tem necessariamente que fazer no Mundo.

Numa procura de um factor promotor da mudança pretendida, teve conhecimento do método dos Six Thinking Hats® de Edward de Bono. Conseguiu que todos os professores do Agrupamento tenham formação na sua aplicação no prazo de um ano, tornando-se no primeiro Agrupamento de Escolas em Portugal a introduzir, de um modo formal, as competências de pensamento de Edward de Bono na sala de aula.

 

Para os interessados, fica o endereço do Instituto De bono de onde se espalham as ideias do método dos Six Thinking Hats®.

 

publicado por Ricardo Antunes às 10:13

Ricardo
Muito obrigada pelo seu interesse pela minha exposição no TEDxLisboa , não sei se esse interesse será merecido por mim, no entanto sem dúvida que foi um dia fabuloso , valeu a pena, foi um encontro de mentes abertas e muito positivo. vai ter oportunidade de ver em breve nos vídeos que serão colocados à disposição...
Entretanto gostei de tomar conhecimento (mais por dentro) da Escola da Ponte, vista pelos olhos de um visitante e da reportagem que colocou da televisão brasileira, obrigada por divulgá-la.
M. Teresa Serrenho a 18 de Maio de 2010 às 21:39

Olá,

É uma honra que tenha vindo até cá. Tenho mesmo muita curiosidade sobre exemplos de escolas que resolvem usar a autonomia de que dispõem e fazer coisas diferentes. Espero pelos vídeos e depois arranjamos maneira de trocar impressões. Num momento em que tantas escolas estão a sofrer modificações físicas (encerramentos e criação de centros escolares, obras de requalificação, etc ) é uma pena que não se aproveite essa mudança para introduzir outras, na forma de funcionamento (até porque muitas vezes essa dimensão física é impeditiva de outros voos .).

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
16
17

19
22
24

29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Contador
blogs SAPO