"Ninguém é tão ignorante que não tenha algo a ensinar. Ninguém é tão sábio que não tenha algo a aprender." Pascal

09
Abr 10

Considero, até pelo gosto que tenho pela Filosofia, que fundamentalismos não bons para ninguém.

Nos dias que correm, é comum vê-los a propósito de tudo e mais alguma coisa, e fico com a sensação de que queremos sempre mudar o que conhecemos (pela utópica ideia de que o que fizemos no passado não é bom e tem de ser alterado).

 

Vem isto a propósito das sistemáticas opiniões sobre o que se passa na Escola de hoje, no que à indisciplina diz respeito.

O que sinifica "dar mais autoridade aos professores"? E "responsabilizar os pais"?

 

Pois então, o que têm os meus leitores a dizer disto?

 

Eu digo: não me parece que criar uma barreira, digamos, higiénica, entre professor e aluno, resolva os problemas. Até porque retira uma dimensão (porventura a mais importante) do relacionamento humano à relação professor-aluno: a afectividade!

publicado por Ricardo Antunes às 11:16

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
16
17

19
22
24

29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
Contador
blogs SAPO